Quem trabalha consegue fazer EAD? É possível manter trabalho e estudos?

O EAD ampliou as possibilidades de obtenção de um diploma de graduação, em um modelo mais dinâmico e flexível. Mas para quem tem rotinas corridas por conta do trabalho, ainda há dúvidas sobre a viabilidade de fazer um curso mesmo com as restrições de tempo. Entenda como o EAD pode ser ideal para unir trabalho e estudos!

Em algum momento da vida, você já precisou decidir entre trabalho ou estudos? Essa é uma realidade comum a muitos brasileiros e, como consequência, já levou muita gente a priorizar o trabalho e abandonar o desejo de se dedicar aos estudos, por conta das demandas financeiras e familiares que pedem uma garantia de renda. 

 

Em paralelo, o mercado de trabalho segue ampliando suas exigências

na busca de perfis cada vez mais técnicos para a prática profissional,

comprovados principalmente pela conclusão de um Curso Superior.

É fato que, nas mais diferentes áreas, as oportunidades são maiores

para profissionais com esse perfil.

 

Para se ter ideia, há um estudo recente do IBGE que aponta que brasileiros com Ensino Superior podem ganhar até 2,5 vez mais - ou seja, mais que o dobro - do que aqueles que pararam de estudar no Ensino Médio.

Mas como unir duas realidades tão relacionadas e, ainda assim, tão conflitantes?

A boa notícia é que, nos últimos anos, o ensino tem se moldado para atender a um novo perfil de estudante, com o crescimento da modalidade de Ensino a Distância.

Se você tem dúvidas sobre a rotina de uma graduação EAD e questiona se é possível, na prática, fazer EAD mesmo tendo limitações de tempo devido ao trabalho, saber como funciona a modalidade será o primeiro passo para obter as respostas. Acompanhe!

 

Como é a rotina do EAD?

Em uma modalidade de ensino EAD, a jornada de aprendizagem

acontece remotamente, com o auxílio das facilidades

proporcionadas pela tecnologia.

 

Não há obrigatoriedade de frequentar aulas presenciais, pois todo o material necessário para a transmissão do ensino é disponibilizado em uma plataforma online da instituição. É nesse ambiente que ocorrerá também a maior parte das avaliações e atividades.

Para saber mais sobre a funcionamento do EAD, leia também: O que é e como funciona EAD

No que diz respeito à duração dos cursos, estrutura curricular e formas de avaliação, o modelo segue os mesmos moldes de uma graduação presencial. Da mesma maneira, o aluno tem um calendário acadêmico a seguir e possui prazos determinados para o cumprimento das atividades - término das aulas e avaliações -, como nos outros modelos conhecidos.

 

Então, é preciso assistir aulas?

Sim! Como estudante de EAD, você assistirá aulas, oferecidas em diferentes formatos como e-books, vídeoaulas, fóruns, testes etc. No entanto, essas aulas não acontecem em um horário pré-determinado ou dentro de uma agenda diária definida - com exceções para webinários ou outros tipos de atividade interativas. 

A grande diferença do EAD está na flexibilidade para os estudos: os conteúdos são disponibilizados de forma online e o estudante pode acessá-los a qualquer hora, organizando sua própria rotina de estudos.

 

É possível manter trabalho e estudos?

Como a organização dos estudos em uma graduação EAD é de

responsabilidade do aluno, é claro ver como a condução da graduação

fica bem mais viável para quem tem rotinas restritas, certo? 

 

Uma pessoa que trabalha diariamente em horário comercial e só tem disponível o turno da noite para estudar, por exemplo, tem a possibilidade de chegar em casa e se dedicar aos estudos montando sua própria rotina - ou seja, caso tenha uma atividade semanal como uma atividade física, pode pular aquele dia e organizar seus estudos semanais da melhor forma. Em um curso presencial, não há tal flexibilidade: ou você assiste a aula naquele dia/horário, ou perde o conteúdo.

É por isso que o Ensino a Distância é tão inclusivo: a modalidade inseriu nas possibilidades de obtenção de um diploma pessoas que não teriam a facilidade de frequentar aulas presencialmente uma universidade, com um preço bem mais acessível, inclusive. Ou seja: ele é ideal justamente para pessoas com esse perfil!

Mas atenção à dedicação!

É importante destacar, no entanto, que um curso a distância exige tanta dedicação quanto um curso presencial, afinal o aluno será avaliado nos conhecimentos obtidos da mesma forma como ocorre nos cursos tradicionais.

O grande segredo está em desenvolver habilidades de organização, disciplina e autonomia. É preciso que o aluno compreenda que o sucesso de seus estudos dependerá dos seus esforços e exigirá um período de dedicação que durará todo o curso, o que pode significar sacrificar alguns fins de semana de lazer ou menos tempo para momentos pessoais. 

O mais indicado é formular um cronograma de estudos com base no tempo disponível e os prazos de cada atividade (para todas as disciplinas) para ser cumprido à risca, evitando o acúmulo de matérias.

 

Com essa organização e o foco no objetivo profissional, é possível

manter uma rotina de trabalho com a graduação EAD!

 

Se você ainda tem dúvidas sobre como funciona um curso superior EAD,

temos mais um conteúdo exclusivo cheio de respostas. Acesse:

 

Está interessado(a) em fazer um EAD?

Conheça os mais de 20 cursos EAD UNIFAA, o Melhor Centro Universitário do Estado do Rio de Janeiro: 

Acesse clicando aqui